Você deseja passar suas férias no Jalapão, mas não sabe o que fazer e como se preparar? Continue lendo este artigo, pois ao longo dele vamos apresentar 10 dicas para que você possa visitar esse local com tranquilidade e aproveite da melhor forma possível. Confira a seguir!

Jalapão
Reserva do Jalapão

Descubra 10 dicas para visitar Jalapão e aproveitar muito

O Parque Estadual do Jalapão é uma área que fica dentro do estado do Tocantins. Localizado a apenas 300 km de distância da capital Palmas, você poderá conferir diversos pontos turísticos, desde cachoeiras até as dunas.

Mas, para que isso seja possível, assim como toda viagem turística, é muito importante que você saiba como se preparar, o que levar e traçar um roteiro. O Jalapão é uma região que fica no Norte do país, então se você ama a natureza e pretende praticar algumas atividades radicais, como o rafting e bóiacross. Mas, se preferir, você pode fazer trilhas e mergulhar.

Sendo assim, ao longo deste artigo você vai conferir dicas de em qual época visitar este local, como chegar e como se hospedar, por exemplo. Portanto, continue lendo e confira com mais detalhes sobre cada um dos tópicos que a Diego Tour separou para você. 

 

1- Em que época ir?

Devido o Jalapão ser uma área de mata e rios, é muito importante escolher uma época do ano para visitar em que não esteja chovendo. Embora você possa visitar o Jalapão ao longo de todo o ano, saiba que em época de chuva, como os meses de dezembro a fevereiro, ou seja, durante o inverno, é mais difícil acessar o local devido as estradas serem de terra.

Por isso, o mais recomendado é que você visite este local entre os meses de maio a julho. Mas, se você quiser arriscar até o mês de setembro, ainda é possível conseguir acessar alguns dos pontos turísticos do Jalapão. 

2- Como chegar

Como você pôde ler no tópico acima, para ter acesso a alguns dos pontos turísticos do Parque do Jalapão você precisa passar por uma estrada de terra. Sendo assim, devido as vias serem íngremes, é recomendado um carro que seja do tipo 4×4, pois ele terá mais potência para conseguir se locomover. Além disso, você pode alugar um carro em uma agência de Palmas e ir para Jalapão.

3- Pousadas

Quando se trata de hospedagem, você tem várias opções, isso porque o Jalapão fica próximo de várias cidades. Então, se você não quiser ficar hospedado em Palmas, você pode ficar nas pousadas Santa Helena, localizada em Mateiros ou na pousada Águas do Jalapão que fica no município de Ponte Alta do Tocantins, sendo considerada uma das melhores da região.

4- Guia Turístico

Embora você possa fazer seu roteiro e usar um mapa, ter um guia turístico pode ajudar você a não se perder, afinal você não conhece a área e o Jalapão é muito grande. Então, com um guia turístico você vai poupar tempo, pois ele conhece rotas estratégicas que chegam ao ponto turístico mais rápido, além de que o local não possui sinal de telefone. 

5- Sinal de internet

Isso mesmo, o Jalapão não possui sinal de telefone e tão pouco de internet. Então, quanto mais o local que você for visitar for afastado da estrada, menos sinal terá, isso faz com que visitar o Jalapão seja totalmente relaxante, afinal você vai poder ficar desconectado das redes sociais e aproveitar o máximo possível o momento presente ao lado de seus familiares ou amigos. 

6- Quanto tempo ficar?

Essa é uma dúvida que muitas pessoas têm ao pensar em visitar Tocantins, pois devido acharem que não é um estado turístico não querem ficar muitos dias. Mas, saiba que para aproveitar ao máximo todos os locais que o Parque do Jalapão oferece você precisa ficar pelo menos sete dias por lá.

7- Roteiro

O Jalapão possui muitos locais a serem visitados, por isso é importante fazer um roteiro para não deixar de fora nenhum local. Por isso, comece visitando os principais pontos turísticos, para isso o guia pode lhe ajudar, mas aqui vamos passar uma lista com os locais mais bonitos e que com certeza você vai amar: como a Pedra Furada, os Fervedouros e as cachoeiras.

Mas, como o Jalapão é muito grande, é importante que você decida se quer visitar um local e depois voltar para dormir ou se quer seguir viagem. Na segunda opção, você terá que acampar, sendo que na primeira você pode ficar na cidade de Mateiros.

Confira as opções de roteiro no site da Diego Tour Jalapão.

8- Lembrancinha

Agora, se você é daquelas pessoas que sempre que conhece um lugar diferente gosta de levar uma lembrancinha para casa, no Jalapão não será diferente. Devido o local ter um capim com um tom dourado, sendo bem característico do cerrado, você pode levar para casa bijuterias, peças de roupa e peças para decoração feitas com esse capim. 

9- Restaurantes

E o mais importante, onde comer? A culinária local é marcada por comidas caseiras, então não espere pratos muito elaborados, mas fique tranquilo que todos que vão amam a comida do local. Entretanto, fique atento apenas para fazer reservas e saber se a comida nos restaurantes precisam ser feitas por encomenda. 

10- Média de gasto diário

Por fim, a última dica para visitar Jalapão e aproveitar muito com Diego Tour, é saber quanto você vai gastar em média por dia. Como é de se esperar, por mais que o Parque do Jalapão seja uma área de natureza, é um ponto turístico, logo você terá que pagar uma taxa para visitar os locais.

Dessa forma, recomendamos que você reserve R$100,00 para gastar diariamente com comida, bebidas e o ticket para acessar os pontos turísticos. Outro ponto importante, a maioria dos estabelecimentos não aceitam cartão de débito e crédito, isso porque essa região não possui sinal de internet e tão pouco de celular.

Sendo assim, sempre leve o dinheiro em espécie para que você não passe nenhum constrangimento e possa aproveitar o seu passeio.



Source link

Leave a Reply

Your email address will not be published.